Feeds:
Posts
Comentários

Recomeço

O ano de 2010 não foi um ano com boas recordações, algumas perdas significativas mas que trouxeram alguns ganhos, muitos desentendimentos, brigas familiares que já eram esperadas mas que mesmo assim doem muito, é um ano pra ficar na lembrança e aprender com os erros.

É difícil não guardar rancor de certas coisas, por mais fria e calculista, por mais que me chamem de monstro ou o que for, ainda tenho sentimentos como qualquer um, sofro, rio, amo, choro…sinto. Tem certas coisas que ficarão guardadas na memória, pois foram mais que aprendizados, são cicatrizes que já se fecharam mas insistem em doer, como um aviso de que estão ali, de que algo aconteceu.

Não choro mais por tais perdas, não sofro como antes, porque hoje sei que foram essas perdas que me fizeram conquistar novos caminhos. Foi a força que obtive com essa dor que me abriu um novo modo de enxergar as coisas, que me permitiu conquistar novos amigos, pessoas com as quais eu tenho aprendido muito, inclusive o verdadeiro valor da palavra AMIGO. E foi numa dessas novas amizades que aprendi a controlar melhor meu temperamento, alguém que tem guardado em si algo mais forte do que eu, que se fecha, como fiz inúmeras vezes. É com essa pessoa que passei a ver como tenho me controlado durante todos esses anos, esse meu temperamento difícil e explosivo, pra não me ferir mais e, principalmente, não ferir os outros, pessoas com as quais me importo. Confesso que em alguns momentos ainda acabo agindo por impulso, falo o que não devo, mas tem sido raro. As vezes é melhor se calar, ficar num canto sozinha com seus pensamentos do que dizer alguma coisa por impulso.

Tenho muito a agradecer pelos amigos que conquistei ao longo desses anos, pessoas que estiverem ao meu lado sempre, que me tiraram de algumas enrascadas, se dedicaram as minhas causas. Também agradeço aos novos, que foram chegando aos poucos ou simplesmente rápido demais, mas que tem sido maravilhoso cada momento, mesmo com alguns desentendimentos. Que em 2011 essas amizades, tanto as antigas quanto as novas, só se fortaleçam!

NÃO DEIXE NADA PRÁ DEPOIS

Tem uma música da Pitty chamada SEMANA QUE VEM que sempre foi muito importante pra mim, mas nas últimas semanas tem sido praticamente um mandamento a ser seguido. Vou colocar um trecho pra sintonizar quem ainda não conhece:

“No mês que vem
Tudo vai melhorar
Só mais alguns anos
E o mundo vai mudar
Ainda temos tempo
Até tudo explodir
Quem sabe quanto vai durar
Aaaahhhhh!

Não deixe nada prá depois
Não deixe o tempo passar
Não deixe nada
Prá semana que vem
Porque semana que vem
Pode nem chegar

A partir de amanhã
Eu vou discutir
Da próxima vez
Eu vou questionar
Na segunda eu começo a agir
Só mais duas horas
Prá eu decidir…

Não deixe nada prá depois
Não deixe o tempo passar
Não deixe nada
Prá semana que vem
Porque semana que vem
Pode nem chegar

Esse pode ser o último dia
De nossas vidas
Última chance de fazer
Tudo ter valido a pena
Ah! Ah! Ah!

Diga sempre tudo
O que precisa dizer
Arrisque mais
Prá não se arrepender
Nós não temos
Todo tempo do mundo
E esse mundo
Já faz muito tempo…

O futuro, o presente
E o presente já passou”

Se pararmos pra pensar é realmente isso. Não sabemos o dia de amanhã, o que pode acontecer daqui alguns minutos. Vamos então sair enlouquecidos mundo à fora sem nos preocuparmos com o futuro? Cada cabeça uma sentença, mas sou contra.

Sempre continuarei com meus planos e sonhos, até mesmo porque assim vão surgindo obstáculos na vida. E quanto mais eu lutar mais irei conquistar e me fortalecer. Porém quanto mais eu penso a respeito da frase “não deixe nada prá depois” eu tenho vontade de agir, buscar, crescer, pois me dá medo pensar em deixar coisas e pessoas passarem despercebidas por mim.

Diversas vezes meus pés foram freados pelos meus medos e hoje, analisando friamente certos acontecimentos, eu me arrependo. Não sei dizer ao certo como a vida estaria hoje, até mesmo porque meus medos não me permitiram experimentar tais fatos, mas eu posso afirmar que prefiro me arrepender do que fiz ao invés do que deixei de fazer. Essas coisas me perturbam e exatamente por isso não vou mais deixar nada prá depois, vou aproveitar cada momento e situação pois eu sei que elas são únicas.

A partir de agora minha vida será assim, darei um passo de cada vez com visão no futuro, porém se alguma coisa cruzar meu caminho eu vou parar e viver aquele momento intensamente. Se depois irei seguir aquele mesmo caminho que estava trilhando e da mesma forma…bom, isso já é outra história.

QUEM AMA LIBERTA

Ultimamente eu ando bem filosófica sobre diversos acontecimentos. Voltei a analisar as pessoas e seus atos, a olhar diretamente nos olhos delas, a ler pensamentos…e posso dizer que depois do fim de semana eu tenho muito o que dizer, mas fica aqui um resumo pra que todos pensem a respeito do que está fazendo com suas vidas. 

Amor é liberdade, saber respeitar os gostos e opiniões do parceiro, ser sincero em todos os momentos, saber conversar trocando olhares sem a necessidade de dizer palavra alguma, é ser fiel.

Falar é fácil, na teoria tudo funciona com perfeição, mas na prática nem sempre é assim. Há pessoas que cometem alguns deslizes e se arrependem, há outras que gostam dos tais deslizes e continuam como se fosse algo muito comum e não pudesse ferir ninguém. Quando isso acontece não se pode chamar de amor, é falso e confuso demais, fere de forma profunda.

Mas há casos e casos, sempre! É uma situação difícil quando alguém erra e se arrepende, percebe o quanto ama a pessoa que perdeu. Depois de descoberta a traição a pessoa não confia mais, sente medo, se afasta…nessas horas o parceiro percebe seus erros, tudo que se permitiu perder por impulso de seus desejos, em muitos casos. Então o que fazer? Lutar para reconquistar esse amor ou libertá-lo e seguir adiante? Seguirá cada um seu caminho?

Depois de muito pensar a respeito eu vi e decidi que nem sempre vale lutar. Por mais que doa é preciso viver, ser feliz, conhecer pessoas novas. E você, vai ficar ai parado ou agir?

AMOR, SEXO E ROCK´N ROLL

Ultimamente eu tenho lido e ouvido muita gente falando sobre amores, sexo e uma “vida muito rock´n roll”. Pra alguns uma coisa leva a outra, pra outros é tudo algo muito complexo e direrente, há também os que consideram “amor, sexo e rock´n roll” coisas simples e naturais. Uma coisa é certa, ainda não conheço ninguém que consiga manter distância dos três. Hum…você consegue?

AMOR, o famoso e tão comentando sentimento que enlouquece, perturba, aquece de diversas formas, nos faz sonhar acordados, rir sozinho e chorar muito, horas por pura alegria, horas por mágoa. Amor por alguém ou por algo.

SEXO, ainda cheio de tabús, feito por mero prazer ou em alguns casos por dinheiro, que enlouquece e descontrola alguns, pra outros é como terapia. Tem quem procure um relacionamento “sério” pra ter um parceiro “fixo” e vou explicar o porquê das aspas nas palavras dessa frase. Pelo simples fato de que nem sempre essa busca significa AMOR, principalmente quando envolve a traição. E, sabemos que, sexo com amor é 100 mil vezes melhor!

ROCK´N ROLL, não importa se é dos anos 60, 70, 80, 90, um rock mais melódico, pauleira, Led Zepellin, Guns Roses, Iron Maiden, Deep Purple, se você vai estar ouvindo sozinho em casa ou no carro, num show com os amigos. Pode ser entre quatro paredes em uma boa compania. Rock é Rock!

Sendo assim, AMOR, SEXO E ROCK´N ROLL não são para mim a mesma coisa, mas certamente estão interligados!

O que seria do sexo sem a sintonia entre os corpos, os gestos, os olhares, toques, sussuros, palavras? É como dançar, ouvir e sentir a música, deixar o rock te levar. Amar aquele momento e torná-lo único, pois ele realmente pode jamais se repetir, como o amor que não acontece igual pra todos.

Julgamentos

Até hoje nunca encontrei alguém que jamais tenha julgado uma pessoa sem antes conhecê-la. Todos já fizeram um pré-julgamento, na maioria das vezes errado, sobre alguém. O que, você não?

Faz parte dos instintos humanos esse pré-julgamento, talvez por desconfiar demais, por inveja, por medo, há tantos motivos que levam uma pessoa a agir assim com outra. No mundo virtual isso acontece com muito mais frequência do que imaginamos. Em alguns momentos as coisas ditas ou escritas machucam os outros, em outras ocasiões a situação é tão cômica que as “alfinetadas” e pré-julgamentos se tornam uma brincadeira, risos, gargalhadas. Mas nada disso me surpreende mais, não depois de ontem.

Eu teria muito o que dizer hoje, sinceramente. Mas a única coisa que posso afirmar é que ainda estou pasma com um certo pedido de “trégua” oferecido ontem e muito feliz por notar que as pessoas ainda conseguem ter consciência própria, sem necessidade de depender de nada ou ninguém, pra poder assumir seus erros e ser você mesmo!

Viva as pessoas decididas, como já dizia a Mel, viva as pessoas que erram mas assumem, que não tem medo de pedir desculpas!!!

Amor ou Amizade?

Amor ou amor.jpg Amizade…

 Já dizia CAZUZA: 

A amizade é uma das coisas mais preciosas da vida e fica melhor ainda quando vira amor. 
Quero dizer-lhe que te amo, no começo confundi com carinho mas hoje tenho certeza que é amor.
Você é especial eu te conheço
e sei que é uma pessoa compreensiva e que me entenderá. 
Não quero que isso abale a nossa amizade, apenas quero que se complete mais. 
Espero ansioso que me procure, porque quero beijá-la e abraçá-la, pois só quando ver-me em seus braços poderei sentir PAZ.”

cat-dog.jpgUltimamente tenho ouvido muito essa música, uma da mais poéticas de Cazuza. Talvez pelas circunstâncias de tudo que tem acontecido nos últimos meses, ou por ouvir tantas histórias amorosas e confusas de alguns amigos…pode ser simplesmente porque eu amo Cazuza e precisava ouvir mais vezes…são coisas da vida, porque em coincidências eu não acredito.

O verdadeiro amor não está em palavras, mas em gestos, naquele olhar único, nos momentos juntos, na presença afetiva mesmo que distante geograficamente. Amor é um sentimento simples, puro, mas que em muitos casos a pessoa complica. Por quê?! Medo de encarar seus próprios sentimentos e assumir que ama?! Medo de perder a pose de “o garanhão” ou “a poderosa-pega-todos”?! O que faz as pessoas temerem tanto o amor?!

Conversando com uma amiga eu percebi que muitas vezes trocamos o que pode ser um grande amor por uma amizade. Ou que tememos perder determinados amigos para enfrentar um amor que está ali, para que todos vejam, mas que não conseguimos manter devido alguns obstáculos.

Você já se apaixonou perdidamente? Aquele amor que faz com que você sonhe, que você sente o cheiro da pessoa no travesseiro, nas ruas por onde você passa, que te entorpece inesperadamente…aquele sentimento de vazio…já provaram isso? E se é tão gostoso sentir esses desejos, sonhar dessa forma, então vale a pena trocar uma amizade por um amor?!

Uma hora aqui, outra ali

A vida é uma constante mutação, assim como as pessoas e todos os seres vivos, faz parte da evolução. Mudanças as vezes podem ser radicais, outras mais suaves, mas elas sempre acontecem.

 pegadas.jpg

Você continua a mesma pessoa? Se sente bem com isso? Está feliz? São questões que deveríamos fazer mais vezes pra nós mesmos. Não porque incomodamos alguém, até mesmo porque temos defeitos como qualquer coisa no mundo, nada é perfeito. As pessoas precisam parar de julgar os outros sem conhecer e olhar mais pra dentro de si, uma auto-análise…mas, será que isso resolve? Será que iremos crescer espiritualmente e passar a ver a vida e mudanças naturalmente? Hoje o mundo é algo relativamente confuso, ou não. Talvez a humanidade é que complica as coisas mais simples, que torna tudo difícil e cheio de obstáculos. Vejo como uma forma de aprovação, de testes, pra saber até onde pode chegar, quais suas resistências. E…assim caminha a humanidade… E você, vai ficar ai lendo ou vai agir?